Eu sofro ao pensar na resposta desta pergunta: Quem é bom e reto, certamente ganhará os céus?

Ontem enquanto conversava com um homem em um local de trabalho, parei para refletir sobre uma frase que disse, que na verdade é muito comum pois muitos a citam o tempo inteiro:

Existem vários caminhos para alcançar a Deus, para evoluir, cada um escolhe aquele que lhe parece melhor.

Então, independente do que penso ou acho, parei para refletir sobre o que a bíblia diz o que Cristo acha. O que Ele fala a respeito? Se a sua ótica é como a minha, a saber cristã, a resposta para isso com certeza tem que estar em Jesus Cristo. Foi então que comecei a meditar em várias passagens, e hoje continuo meditando nelas, o que me faz escrever a você agora. A primeira delas, muito conhecida também é: Continuar lendo

Anúncios

A injusta justiça de Deus e os trabalhadores da vinha

Meditação sobre a parábola dos trabalhadores na vinha ( Mateus cap. 20 versos 1 ao 16 )

“Porque o reino dos céus é semelhante a um dono de casa que saiu de madrugada para assalariar trabalhadores para a sua vinha.” (Mt. 20:1)
“Mas, tendo-o recebido, murmuravam contra o dono da casa, dizendo: Estes últimos trabalharam apenas uma hora, contudo, os igualaste a nós, que suportamos a fadiga e o calor do dia”(Mt. 20:11-12)

Queridos, aqui continuamos falando sobre a injusta justiça de Deus e lemos uma parábola que é muito questionada e polêmica, na verdade, um absurdo para os homens justos desta terra. Continuar lendo

A injusta justiça de Deus

Dizem que algo é senso comum, e este algo é: Deus é misericordioso, mas justo, nem para todos.

“Do pecado, porque não crêem em mim; da justiça, porque vou para o Pai, e não me vereis mais; do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado.” (João 16:9-11)
“O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más.” (João 3:19)

Visto assim, ainda bem que o senso comum é de que Deus é misericordioso, porque a misericórdia está acima da justiça assim como o Senhor está acima de seu servo, ou como Deus está acima de nós homens. A misericórdia de Deus demonstra o amor maravilhoso que tem por nós e que não conseguimos entender. O homem erra e peca, e continua pecando quando procura um culpado para as consequências de seus erros, e a única coisa que sabe é olhar para o lado e apontar um culpado, e quando não consegue, tenta olhar para cima e culpar Deus, agora me pergunto, porque não se olha no espelho e encontra o culpado? Continuar lendo

O poderoso poder da Bíblia Sagrada

BÍBLIA – Qual é o seu propósito?
fonte: www.estudobiblico.com.br

O fator mais importante, que classifica a Bíblia como o livro mais singular, é a influência que ela tem sobre a vida dos homens. Embora a Bíblia seja um grande tesouro com respeito à sua contribuição para humanidade em literatura, filosofia e história, o maior valor deste livro se encontra na grande influência  que exercem sobre as pessoas. Através de suas páginas o homem se vê exposto quanto à sua verdadeira condição diante de Deus, a palavra de Deus é como uma espada que penetra até os pensamentos e propósitos do homem e o convence de seus pecados diante de Deus (Hb 4:12 “Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração.”). Santo Agostinho era um homem indisciplinado e libertino em sua juventude, porém Continuar lendo

Por que vivemos julgando os outros, e o pior, a Deus?

Pecamos, como nossos pais; cometemos iniquidade, procedemos mal. Nossos Pais, no Egito, não atentaram às tuas maravilhas; não se lembraram da multidão das tuas misericórdias e foram rebeldes junto ao mar, o mar Vermelho.” (Salmos 106 : 6-7)

Quão gloriosa é a palavra de nosso Deus. Amados, erramos verdadeiramente porque desconhecemos o poder e a palavra de Deus. Pois quando lemos, meditamos nesta palavra, e deixamos o Espírito Santo nos ensinar, crescemos de graça em graça até alcançar a estatura de varão perfeito.

Um assunto que o Senhor tem falado ao meu coração e que ao procurar reparar, tenho visto em todos os cantos, inclusive muitas vezes em minha própria vida, é o julgamento, as acusações que o homem faz contra os outros, seja vizinho, pai, mãe, chefe, empregada, amigos, seja ao próprio Deus.

Aliás, pecamos contra Deus ao julgá-lo como culpado pelo mau que existe na vida e no mundo, e pecamos outra vez quando mistificamos Deus, quando moldamos conforme nossa idéia e entendimento, com a desculpa de que é a única maneira de aceitar a um Deus justo. É então que surgem tantas doutrinas e os entendimentos próprio.

Mas queridos, vejamos o que nos diz as escrituras sagradas. Continuar lendo

Eis que grande obra tenho Eu na tua vida

Teve ainda outro sonho e o referiu a seus irmãos, dizendo: Sonhei também que o sol, a lua e onde estrelas se inclinavam perante mim. Contando-o a seu pai e seus irmãos, repreendeu-o o pai e lhe disse: Que sonho é esse que tiveste? Acaso, viremos, eu e tua mãe e teus irmãos, a inclinar-nos perante ti em terra?” (Genesis 37:9-10)

e ainda:

E, tomando-o, o lançaram na cisterna, vazia, sem água” (verso 24)

Amados, como é bom nós descobrirmos o Senhor Jesus e ainda, como é bom nos descobrirmos no Senhor Jesus. Descobrir os seus planos para as nossas vidas, a sua agradável vontade.

Mas alguns pensam que isto não passa de uma utopia, uma vontade de Deus que a bíblia caracterizada como Boa, Agradável e Perfeita. Talvez usemos a própria bíblia para nos questionar como Deus pode falar o versículo a seguir, o que valeria para a vida de José:

Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês, diz o Senhor, planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.” (Jeremias 29:11)

Ao olharmos para a vida de José, vemos o Senhor Deus lhe dando sonhos, revelação de seus planos, da grande obra escrita para a sua vida. José se alegra com estes dois sonhos, e vai compartilhar com quem? Com os seus, com seus entes queridos, mas o problema é que não precisamos ler muito mais para ver que José acabou se dando mau com esta história ou com os planos de Deus, foi lançado em uma cisterna pelos próprios irmãos. Mas Ricardo, esse é o seu pensamento? Não. Este é o pensamento do mundo, talvez o seu próprio, com certeza de quem está do seu lado, esposa, filhos, irmãos, pais, chefes, gerentes, colegas. Continuar lendo