Vença Gigantes e Ousados, porque Filho Eu estava esperando você

Como pode o jovem manter pura a sua conduta? Vivendo de acordo com a tua palavra. (Salmos 119:9 NVI)

Por acaso eu procuro a aprovação das pessoas? Não! O que eu quero é a aprovação de Deus. Será que agora estou querendo agradar as pessoas? Se estivesse, eu não seria servo de Cristo. (Gálatas 1:10 NTLH)

Naquela noite Jacó levantou-se, tomou suas duas mulheres, suas duas servas e seus onze filhos para atravessar o lugar de passagem do Jaboque. (Gênesis 32:22 NVI)

Mais do que o jovem na idade, como pode o jovem na experiência e conhecimento da palavra do Senhor manter-se ou tornar-se puro no caminho do Senhor? Mas se pensamos em idade física, talvez realmente para os jovens seja um tanto complicado.
Continuar lendo

Anúncios

Eis que grande obra tenho Eu na tua vida

Teve ainda outro sonho e o referiu a seus irmãos, dizendo: Sonhei também que o sol, a lua e onde estrelas se inclinavam perante mim. Contando-o a seu pai e seus irmãos, repreendeu-o o pai e lhe disse: Que sonho é esse que tiveste? Acaso, viremos, eu e tua mãe e teus irmãos, a inclinar-nos perante ti em terra?” (Genesis 37:9-10)

e ainda:

E, tomando-o, o lançaram na cisterna, vazia, sem água” (verso 24)

Amados, como é bom nós descobrirmos o Senhor Jesus e ainda, como é bom nos descobrirmos no Senhor Jesus. Descobrir os seus planos para as nossas vidas, a sua agradável vontade.

Mas alguns pensam que isto não passa de uma utopia, uma vontade de Deus que a bíblia caracterizada como Boa, Agradável e Perfeita. Talvez usemos a própria bíblia para nos questionar como Deus pode falar o versículo a seguir, o que valeria para a vida de José:

Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês, diz o Senhor, planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.” (Jeremias 29:11)

Ao olharmos para a vida de José, vemos o Senhor Deus lhe dando sonhos, revelação de seus planos, da grande obra escrita para a sua vida. José se alegra com estes dois sonhos, e vai compartilhar com quem? Com os seus, com seus entes queridos, mas o problema é que não precisamos ler muito mais para ver que José acabou se dando mau com esta história ou com os planos de Deus, foi lançado em uma cisterna pelos próprios irmãos. Mas Ricardo, esse é o seu pensamento? Não. Este é o pensamento do mundo, talvez o seu próprio, com certeza de quem está do seu lado, esposa, filhos, irmãos, pais, chefes, gerentes, colegas. Continuar lendo

Ansiede? Eu quero é sede!

Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. (Fp 4:6)

Hoje, em nossas vidas, sofrendo influência sobre o pecado que entrou no mundo, aprendemos a viver o que chamamos de ansiedade. Nossos primeiros ancestrais conheceram o que era viver na presença de Deus, poder desfrutar de tudo que havia nessa terra, no momento que quisesse, na hora que quisesse. Porém, na busca do conhecimento, perdemos a nossa liberdade, e passamos a ser escravos do pecado, que entrou no mundo. Com o advento de Cristo, passamos a ser livres do pecado, se sujeitos a esta aliança, mas com nossa liberdade comprometida ao nosso intermediador, Cristo Jesus. Passamos a ser dependentes de Deus, livres para seguir em dependência ao Senhor.

Mas como não somos mais deste mundo, mas permanecemos neste, a nossa carne age dia e noite, atentando nossa alma, em busca de dizer que a satisfação de nossa alma está justamente em cumprir os prazeres que este mundo oferece. Ao mesmo tempo, o Espírito de Deus está sempre nos testificando aonde está a nossa verdadeira paz.

Continuar lendo