Lei ou Graça? Fora de Cristo que morreu na cruz, há salvação?

O que quero conversar hoje é sobre o que o evangelho diz para nós, homens conforme a graça e não conforme a lei. Esta verdade bíblica que tão poucos aceitam, e menos ainda que vivem conforme ela. O estudo segue sobre o que a bíblia diz dos judeus (povo que teria sido escolhido como povo de Deus), e os não judeus (o resto do povo) conforme a descendência de Abraão, a quem Deus fez esta promessa. Que descendência é essa, porque é verdadeira, e porque ela vale para todos nós. Graça e Fé, e não razão sobre a lei. Esse é o evangelho de Cristo.

Mas do que demonstrar qual é o evangelho de Cristo, queremos chamar a verdade em Cristo para aqueles cristãos que estão a margem, e são convidados a estarem vivendo novamente debaixo da Graça de Deus.

Na verdade não existe outro evangelho, porém isto foi dito porque há algumas pessoas que perturbam por aí, querem mudar o evangelho de Cristo. Mas a bíblia diz que se alguém, mesmo que fossem os próprio apóstolos ou um anjo do céu, anunciasse um evangelho diferente daquele que foi anunciado, que seja anátema, ou amaldiçoado! Por acaso procuramos a aprovação das pessoas? Não! O que eu quero é a aprovação de Deus. Será que agora estou querendo agradar as pessoas? Se estivesse, eu não seria servo de Cristo. Continuar lendo

Natal: Os reis magos chegaram a Jesus aproximadamente dois anos depois de seu nascimento?

Vendo-se iludido pelos magos, enfureceu-se Herodes grandemente e mandou matar todos os meninos de Belém e de todos os seus arredores, de dois anos para baixo, conforme o tempo do qual com precisão se informara dos magos.” (Mateus 2:16)

Tenho estudado e lido a respeito de muitos questionamentos sobre o Natal, nascimento do Senhor Jesus, e infelizmente muito tenho me chateado a respeito. Mas hoje vamos ver um dos enganos que tem se falado por aí. Terá sido o encontro entre os reis magos e o menino Jesus acontecido somente após dois anos de seu nascimento, como o versículo de forma isolada tenta propor? Não, a resposta é não. Continuar lendo

Salvação: Jesus e o Bom Samaritano

Vem chegando o Natal e então começamos a nos recordar do nascimento do Senhor Jesus. Para que Ele veio, para que nasceu? Qual o propósito? Então muitas vezes começamos a pensar em salvação, ou como deveríamos ser, nos comportar, agir, amar. Eu sei que muitos de vocês pensam a respeito disso.

E é pensando nisso que me lembrei de uma figura muito reconhecida dentro de várias religiões que se dizem cristãs, ou simpatizantes, etc. E esta figura é a do bom samaritano, uma das figuras que Jesus utilizou para pregar o reino dos céus. Então fica a pergunta no ar, será que esta figura é a que devemos ter ao pensar como devemos ser ou nos comportar, ou ainda, a figura para nos assemelharmos ao buscar o reino dos céus, a nossa salvação? Bem, a resposta é sim, e não. Vamos estudar um pouquinho a respeito?

Continuar lendo

O poderoso poder da Bíblia Sagrada

BÍBLIA – Qual é o seu propósito?
fonte: www.estudobiblico.com.br

O fator mais importante, que classifica a Bíblia como o livro mais singular, é a influência que ela tem sobre a vida dos homens. Embora a Bíblia seja um grande tesouro com respeito à sua contribuição para humanidade em literatura, filosofia e história, o maior valor deste livro se encontra na grande influência  que exercem sobre as pessoas. Através de suas páginas o homem se vê exposto quanto à sua verdadeira condição diante de Deus, a palavra de Deus é como uma espada que penetra até os pensamentos e propósitos do homem e o convence de seus pecados diante de Deus (Hb 4:12 “Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração.”). Santo Agostinho era um homem indisciplinado e libertino em sua juventude, porém Continuar lendo

Cristo liberta. E você, permanece?

Cristo nos libertou para que nós sejamos realmente livres. Por isso, continuem firmes como pessoas livres e não se tornem escravos novamente.” (Gálatas 5:1 NTLH)

Este texto nos leva uma reflexão muitas vezes polêmica. Por ora, como acontece esta liberdade que Cristo nos dá, quando nos liberta através de tua palavra. Por outra, se passamos a ser templos do Espírito Santo, podemos nós voltar a sujeitar-nos a espíritos imundos?

A bíblia nos fala que conhecereis a verdade, e a verdade vós libertará (Jo 8:32). E que verdade é essa? Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade (Jo 17:17). É a palavra de Deus. É também Jesus. Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida (Jo 14:6a). Jesus é a sua palavra não só nos evangelhos, mas em toda a bíblia, inclusive a do velho testamento. NO princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus (Jo 1:1). Desde quando Deus falou haja luz , lá em Gênesis (1:3), já era a palavra de Jesus. Porém ele veio entre nós, registrado no novo testamento, e o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade (Jo 1:14). Cheio de verdade, pois é a verdade. Continuar lendo