Por que vivemos julgando os outros, e o pior, a Deus?

Pecamos, como nossos pais; cometemos iniquidade, procedemos mal. Nossos Pais, no Egito, não atentaram às tuas maravilhas; não se lembraram da multidão das tuas misericórdias e foram rebeldes junto ao mar, o mar Vermelho.” (Salmos 106 : 6-7)

Quão gloriosa é a palavra de nosso Deus. Amados, erramos verdadeiramente porque desconhecemos o poder e a palavra de Deus. Pois quando lemos, meditamos nesta palavra, e deixamos o Espírito Santo nos ensinar, crescemos de graça em graça até alcançar a estatura de varão perfeito.

Um assunto que o Senhor tem falado ao meu coração e que ao procurar reparar, tenho visto em todos os cantos, inclusive muitas vezes em minha própria vida, é o julgamento, as acusações que o homem faz contra os outros, seja vizinho, pai, mãe, chefe, empregada, amigos, seja ao próprio Deus.

Aliás, pecamos contra Deus ao julgá-lo como culpado pelo mau que existe na vida e no mundo, e pecamos outra vez quando mistificamos Deus, quando moldamos conforme nossa idéia e entendimento, com a desculpa de que é a única maneira de aceitar a um Deus justo. É então que surgem tantas doutrinas e os entendimentos próprio.

Mas queridos, vejamos o que nos diz as escrituras sagradas. Continuar lendo

Anúncios

A Espera da Promessa

Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra (At 1:8).”

Foi assim que Cristo se despediu de seus discípulos, deixando uma promessa.

Hoje, dois mil anos depois, continuamos recebendo promessas da parte de Deus a respeito de ministério, vida sentimental, familiar, financeira, ou até mesmo do batismo no Espírito Santo. Assim como Cristo prometeu aos seus discípulos, assim tem feito conosco, cristãos.

Continuar lendo

Provando a sua fé

Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis” (Ef 6:13)

Ora, a fé é a certeza das coisas que se esperam, a convicção das coisas que não se vêem. Pois, pela fé, os antigos obtiveram bom testemunho. Pela fé, entedemos que foi o universo formado pela palavra de Deus, de maneira que o invisível veio a existir das coisas que não aparecem (Hb 11:1-3).

Todo cristão, após entregar a sua vida ao Senhor Jesus de cara começa a conhecer um pouco do que se trata essa fé. O que alguns chamam de dogmas, este novo cidadão dos céus crê, não por imposição, que em Cristo tem a salvação da sua alma, por confessá-lo como Senhor e Salvador. É algo que não podemos ainda ver, mas acreditamos que acontecerá.

Mas não temos simplesmente uma vida salva, temos uma vida onde desenvolvemos a nossa salvação. É viver nos caminhos de Deus, é conhecer sua vontade sobre nossa vida, é crescer diante da Graça de Deus. Então vem a pergunta: como ter fé sem provação? Como desenvolver a fé sem ser provado e até mesmo tentado?

Continuar lendo