O Moriá de Deus em nossas vidas

“Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor.
Todo ramo que, estando em mim, não dá fruto, ele corta; e todo que dá fruto ele poda, para que dê mais fruto ainda.
Vocês já estão limpos, pela palavra que lhes tenho falado.
Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não permanecerem em mim.
“Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma.
Se alguém não permanecer em mim, será como o ramo que é jogado fora e seca. Tais ramos são apanhados, lançados ao fogo e queimados.
Se vocês permanecerem em mim, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido.
Meu Pai é glorificado pelo fato de vocês darem muito fruto; e assim serão meus discípulos.
“Como o Pai me amou, assim eu os amei; permaneçam no meu amor.
Se vocês obedecerem aos meus mandamentos, permanecerão no meu amor, assim como tenho obedecido aos mandamentos de meu Pai e em seu amor permaneço.
Tenho lhes dito estas palavras para que a minha alegria esteja em vocês e a alegria de vocês seja completa.
O meu mandamento é este: amem-se uns aos outros como eu os amei.
Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos.
Vocês serão meus amigos, se fizerem o que eu lhes ordeno.
Já não os chamo servos, porque o servo não sabe o que o seu senhor faz. Em vez disso, eu os tenho chamado amigos, porque tudo o que ouvi de meu Pai eu lhes tornei conhecido.
Vocês não me escolheram, mas eu os escolhi para irem e darem fruto, fruto que permaneça, a fim de que o Pai lhes conceda o que pedirem em meu nome.
Este é o meu mandamento: amem-se uns aos outros”.
João 15:1-17

Amados, estamos de volta do Moriá, estamos de volta para encarar esse mundo de novo, ao qual não pertencemos mais, mas nele ainda estamos, para encará-los, com a alma LAVADA, remida, CURADA, em Cristo Jesus.

Eu fui tremendamente curado e tratado, e principalmente AMADO por Deus, meu PAI!
Anúncios

Qual o verdadeiro significado do pecado? Existe mesmo?

Após ter peregrinado por muitas doutrinas antes de conhecer verdadeiramente ao Senhor Jesus e me converter, eu conheci muitas filosofias, muitas explicações sobre as leis da vida, teorias sobre evolução do homem e de seu espírito, e dentre tantas coisas, algo parecia ser óbvio, mas nunca encarado de frente, e este óbvio era: o pecado não existe. O que existe é um caminho de purificação a ser percorrido. O verdadeiro significado seria este: retratar a condição humana, a real condição do homem, em contraste de qual deveria ser.

Mas amados, é impossível você acreditar em Deus e não acreditar em pecado. É impossível você acreditar no nazareno Jesus Cristo, e não acreditar em pecado. Você sabe por que? Aliás, você quer saber qual o real significado do pecado? Isso existe mesmo? Vamos comigo:

Continuar lendo

A Espera da Promessa

Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra (At 1:8).”

Foi assim que Cristo se despediu de seus discípulos, deixando uma promessa.

Hoje, dois mil anos depois, continuamos recebendo promessas da parte de Deus a respeito de ministério, vida sentimental, familiar, financeira, ou até mesmo do batismo no Espírito Santo. Assim como Cristo prometeu aos seus discípulos, assim tem feito conosco, cristãos.

Continuar lendo