Recebi uma promessa, e agora?

E eis que ficarás mudo, e não poderás falar até ao dia em que estas coisas aconteçam; porquanto não creste nas minhas palavras, que a seu tempo se hão de cumprir”(Lc 1:20)

Após tantos textos falando sobre promessa, estudaremos mais um a respeito. Mas por que tantos textos falando sobre promessas, aguardando estas promessas, o que ocorre entre este período? Bem, parece que é o que Deus quer falar ao meu coração, e a de alguns de vocês. Mas vamos ao tema de hoje: recebi uma promessa de Deus, e agora?

Continuar lendo

A Espera da Promessa

Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra (At 1:8).”

Foi assim que Cristo se despediu de seus discípulos, deixando uma promessa.

Hoje, dois mil anos depois, continuamos recebendo promessas da parte de Deus a respeito de ministério, vida sentimental, familiar, financeira, ou até mesmo do batismo no Espírito Santo. Assim como Cristo prometeu aos seus discípulos, assim tem feito conosco, cristãos.

Continuar lendo

A glória desta última casa será maior do que a da primeira

A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o SENHOR dos Exércitos, e neste lugar darei a paz, diz o SENHOR dos Exércitos” (Ag 2:9)

Amados, em meio a tantas lutas que vivemos e passamos, esta palavra é de conforto, mas também de muito questionamento. Após viver tantas dificuldades e aflições que esta terra nos oferece, nos resta uma esperança: A glória desta última casa será maior do que a primeira, e ainda neste lugar darei a paz. Paz e glória, são promessas do Senhor ao seu povo.

A história do povo de Deus é marcado por lutas, cativeiros, prostituições, idolatrias, mas o Senhor sempre nos fala: misericórdia quero e não sacrifícios, mais conhecimento de Deus e menos holocaustos (cf Os 6:6). O que o Deus vivo quer e sempre quis é nos abençoar, mas o engano deste mundo acaba enganando também o povo de Deus, que coisa não?

Continuar lendo

Quando Deus nos prova

E aconteceu depois destas coisas, que provou Deus a Abraão, e disse-lhe: Abraão! E ele disse: Eis-me aqui. E disse: Toma agora o teu filho, o teu único filho, Isaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto sobre uma das montanhas, que eu te direi. Então se levantou Abraão pela manhã de madrugada, e albardou o seu jumento, e tomou consigo dois de seus moços e Isaque seu filho; e cortou lenha para o holocausto, e levantou-se, e foi ao lugar que Deus lhe dissera (Ge 22:1-3)”.

E aconteceu que Abraão foi um exemplo para nós. Quando leio este texto das escrituras fico realmente encabulado. Não com a atitude visto que muitas vezes, e ainda por muitos, pode ser visto como uma dureza de coração. Mas não é isto que me encabula, visto que discordo desta outra visão. Fico impressionado com o relacionamento que Abraão tinha com Deus.

Continuar lendo

Por que está abatida ó minh’alma?

Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei pela salvação da sua face. (Sl 42:5 Almeida Corrigida e Fiel)

Por que estás abatida, ó minha alma? Por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a ele, meu auxílio e Deus meu. (Sl 42:5 Almeida Revista e Atualizada)

Por que estou tão triste? Por que estou tão aflito? Eu porei a minha esperança em Deus e ainda o louvarei. Ele é o meu Salvador e o meu Deus. (Sl 24:5 NTLH)

Três versões, três traduções, três interpretações… a mesma palavra, o mesmo sentimento. Assim hoje sinto meu coração, assim hoje sinto esta pergunta ecoar dentro do meu ser, assim sinto minha alma gritar, ou emudecer.

Este salmo, era uma poesia. Pessoas a milênios atrás costumavam cantá-las em suas viagens, e penso eu, quantas pessoas não cantaram este salmo com o coração? Quanta angústia, quanto abatimento, quanta tristeza. O que estas pessoas passavam? O que eu passo? O que você passa?

Continuar lendo