Jesus: Mestre, Rei, Salvador ou Cristo?

Se é só para esta vida que esperamos em Cristo, somos de todos os homens os mais dignos de lástima. (1 Coríntios 15:19)

Amados, maravilha é essa palavra, que nos faz crescer em Cristo, e na grandiosidade de Deus.

A primeira epístola de Paulo aos Coríntios já começa de forma reveladora, e de crescimento essencial para nossa alma. Ela diz no primeiro capítulo, no versículo 21, que pela sabedoria do homem, não alcançamos a sabedoria de Deus, mas que aprouve a Deus fazer com que o alcancem através da loucura da pregação pela fé. Por aqui, você já começa a compreender porque para uns, essa pregação de um povo que anda buscando viver a primeira igreja é loucura, e para eles, é sabedoria de Deus.

A palavra de Deus é maravilhosa, porque todo homem possui um buraco bem no meio do peito, que precisa preencher durante esta vida, e o caminho que decide tomar, muitas vezes é desistir e ignorar, muitas vezes é buscar a letra, a filosofia, a sabedoria.

Jesus Cristo, é o verbo que se fez carne, e se fez presente no meio de nós, isso é o que a Bíblia nos diz. E essa palavra viva causou diferentes efeitos ao povo. Para uns, mais letrados, e cheio da sabedoria, da teologia da palavra, Ele significou aberração, obra do diabo, impossível de se fazer aceitar. Para outros, doentes do corpo, doente da mente, homens simples, humildes, Ele se fez milagroso, Ele se fez Deus, ao que perguntou: o que é mais difícil? Perdoar aos pecados, ou realizar um milagre de cura? O Filho do Homem fez as duas coisas.

Não obstante, homens desta era permeiam estes dois povos distintos, como os judeus e os gregos, que receberam a mensagem ofensa e loucura respectivamente, ou como os fariseus ou seus irmãos, e homens doentes como o cego de jericó ou Zaqueu, o publicano. Temos hoje, aqueles que estão cheios de si mesmo, e não tem espaço para a loucura da pregação, e tem aqueles que estão dispostos a serem considerados loucos, para obter a sabedoria de Deus.

E isso para mim fica bem claro, que não são aqueles que estão na igreja, ou que estão em outros lugares. Isto não significa meio externo, isto significa o que sai da boca, e não o que entra.

Dentre estes homens, que acreditam que realmente existiu um homem chamado Jesus, o nazareno, há aqueles que creem no mestre, o maior mestre de todos os tempos. Há aqueles que acreditam no Cristo, Filho de Deus, Deus, que se fez em forma de homem, e pregou, curou, foi mestre, obediente, até a morte, e morte de Cruz. Neste grupo, ainda há uma parcela que crê que ao terceiro dia ressuscitou (verdadeiramente) e está assentado a destra de Deus Pai, e intercede por nós (que é o único intermediador entre Deus e os homens, aquele que rasgou o véu do templo).

Voltando ao versículo que abrimos este texto, Paulo nos diz, na verdade em todo o capítulo, que se esperamos a Cristo para somente esta vida, ou seja, somente como um mestre, que nos ensinou o que devemos fazer, que foi um exemplo, para tentarmos imitar (e provavelmente falhar), somos dignos de lástima, compaixão, como os mais miseráveis de todos os homens (Almeida [Revisada, Corrigida] e NVI). Se crê um pouco mais, mas não chegou ao terceiro grupo, o versículo 17 diz que se Cristo não foi ressuscitado, é vã a vossa fé, e ainda estais nos vossos pecados.

Apesar de forte, isso é a pura verdade. Não há como ter a Cristo pela metade, ter 95%, ou você serve a Deus, ou serve a Mamon. Não há meio termo.

Por isso, hoje precisamos fazer uma escolha. Precisamos saber quem Cristo é para nós? Motivo para nos gloriarmos ainda mais, em nós mesmos, ou motivo para salvar o seu povo, de nós mesmos, do diabo, do pecado, e da morte eterna. Porque a Bíblia nos diz que Ele me (nos) enviou para anunciar que chegou o tempo em que o Senhor salvará o seu povo, que chegou o dia em que o nosso Deus se vingará dos seus inimigos. Ele me (nos) enviou para consolar os que choram, para dar aos que choram em Sião uma coroa de alegria, em vez de tristeza, um perfume de felicidade, em vez de lágrimas, e roupas de festa, em vez de luto. Eles farão o que é direito; serão como árvores que o Senhor plantou para mostrar a todos a sua glória. (Isaías 61:2-3) Ou seja, a Glória não é para você, não é para o seu nome, porque Ele não dá a sua Glória a homens. Então, como isso? O Senhor Deus me deu o seu Espírito, pois ele me escolheu para levar boas notícias aos pobres. Ele me enviou para animar os aflitos, para anunciar a libertação aos escravos e a liberdade para os que estão na prisão (v.1). Ou seja, o ano aceitável do Senhor, onde ao invés de vergonha, tereis dupla honra, e tudo isso, através da loucura da pregação.

Mas ora, não foi exatamente isso que o Senhor Jesus pregou, fez, e nos mandou realizar?

Vão pelo mundo inteiro e anunciem o evangelho a todas as pessoas. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado. Aos que crerem será dado o poder de fazer estes milagres: expulsar demônios pelo poder do meu nome e falar novas línguas; se pegarem em cobras ou beberem algum veneno, não sofrerão nenhum mal; e, quando puserem as mãos sobre os doentes, estes ficarão curados. (Marcos 16:15-18)

E para você, que não entendeu, e ainda continua procurando entender pela letra, sendo Jesus um mestre para você, e somente para esta vida, que crê, e vê, termino com a citação do Apóstolo Paulo: Insensato! O que tu semeias não é vivificado, se primeiro não morrer. (v. 36) E por favor, morrer primeiro no seu eu, no seu velho espírito, e não nessa carne que teve, ou em outra que já julgou ter, para como ensinou o Senhor Jesus ao mestre Nicodemos: Renascer da Água e do Espírito. E isto não significa voltar ao ventre da mãe, muito menos, morrer neste corpo e nascer em outro. Jesus é para hoje, Jesus é para a vida eterna, não mais unigênito, mas primogênito, irmão de muitos, que deixou de ser herdeiro, para ser compartilhador da herença celestial conosco.

Em Cristo,

Ricardo de Magalhães Cruz
ricardo.dmc@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s