O homem de fé que, por um pouco, afundou

Palavra:

Se és tu, Senhor, manda-me ir ter contigo, por sobre as águas. E ele disse: Vem! E Pedro, descendo do barco, andou por sobre as águas e foi ter com Jesus. Reparando, porém, na força do vento, teve medo; e, começando a submergir, gritou: Salva-me, Senhor! E, prontamente, Jesus, estendendo a mão, tomou-o e lhe disse: Homem de pequena fé, por que duvidaste? Subindo ambos para o barco, cessou o vento.” (Mateus 14: 28b-32)

Oração:

Esta, assim como toda palavra do Senhor Jesus, tem de trazer vida aos nossos corações, atitudes, e também conforto. Meu pedido é que assim como o Senhor falou ao meu coração, Ele possa também falar ao seu, e que seja abençoado por esta mensagem de fé, em nome de Jesus.

Mensagem:

Amados, como é bom viver as experiências que o Senhor tem nos reservado. Muitas vezes, observamos algumas semelhanças com as experiências que vivemos no mundo, como passar por dificuldades mas também obter vitórias ou escapar de algumas furadas, mas as experiências com o Senhor nos faz crescer, nos leva a um patamar mais alto espiritualmente, cuja principal função, é nós transmitir autoridade para pisar serpente e escorpioes, abençoar e sermos abençoados.

Nesta mensagem vamos falar sobre a experiência de Pedro relatada na bíblia, e vamos deixar também o Espírito do Senhor falar aos nossos corações. Se você já passou por uma situação semelhante, está passando, ou deseja passar, quero lhe dizer que neste momento estamos na margem oriental do lago, rumo a Betsaida, ao lado ocidental, e temos grandes momentos para viver na presença do Senhor, o barco está pronto, é só você entrar.

 Assim fez Pedro, um homem que com certeza gerou muita polêmica na bíblia, e muitas vezes nos vemos tão parecido com Ele, aquele que recebeu a revelação dos céus, de que o Senhor era o Cristo, e depois o nega três vezes. Aquele que se coloca na situação e posição de fé, cuja palavra nos deixa claro que de fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam (Hebreus 11:6), mas logo depois duvida e afunda.

Mas o que vem ser essa fé? Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem (Hebreus 11:1). Ou seja, a fé vem pelo crer e crer em Cristo Jesus, ou ainda dizemos o mesmo, pelo ouvir e ouvir a palavra de Deus, que age e opera em favor daqueles que o amam, e o confessam. É uma ação, atitude, pois a fé sem obras é morta, no sentido em que agimos conforme cremos que aquilo que não podemos fazer, o Senhor nos capacitará, ou ainda que necessário for, um grande milagre acontecerá em nosso favor. E, só pra enfatizar,  isso começa com uma ação nossa, e nunca, de outro, mesmo que o outro seja Deus.

Assim foi com Pedro, a fé, gerada pelo Espírito Santo no coração de Pedro o levou a tomar uma atitude. Ou seja, ele pensou e ainda sentiu no coração de que deveria dar um passo, se colocar numa situação onde estaria a prova, mas tinha fé de que o Senhor intercederia fazendo possível aquilo que os olhos humanos não podem acreditar!

Aqui eu já te pergunto, amado leitor, como tem estado a sua vida com o Senhor? O que ele tem falado ao seu coração, ou seja, gerado a fé através do Espírito Santo, mas você não tem acreditado ser capaz por olhar pelos olhos da carne, e por isso, fraquejado. Hoje o Senhor te diz, falei contigo através da minha palavra, você a recebeu no coração, por isso, levanta-te e anda conforme a minha palavra, e grandes maravilhas verás a teu favor. Aquilo que seu pai, sua mãe, seu esposo ou sua esposa, seus irmãos, seu chefe ou seus amigos não creem, isto coloco hoje no teu coração para que dê um passo de fé, e te verás andando sobre as águas. E sabe o melhor? Todos estes que não creem terão que ver também o que o seu Deus faz e opera em favor daqueles que recebem através da graça de Deus e não pelas suas obras.

Assim tive eu as minhas experiências também, e aconteceram exatamente desta maneira. O Senhor falou comigo através da sua Palavra, que é viva e eficaz, eu a recebi e guardei no coração. Em determinado momento, senti que estava na hora de tomar um passo de fé, disse ao Senhor de maneira semelhante a Pedro, se Tu és o mesmo Deus que operou na bíblia, eu creio que operará também na minha vida.

E o interessante, é que mais uma vez no coração, o Senhor me disse: Vem! Assim disse o Senhor a Pedro, venha, tome uma atitude de fé, porque esta é a maneira de me agradar, visto que está seguindo não conforme aquilo que aprendeu neste mundo, mas conforme aquilo que tem apredido sobre os céus. Sim, está usando as chaves e ferramentais espirituais que Deus nos concede, a nosso favor. Um ponto interessante a ressaltar é: elas não são dadas conforme merecemos, ou ainda de uso exclusivos. Tudo o que Deus tinha que fazer, já foi feito através do seu filho amado Cristo Jesus. Está feito, para aquele que o confessa e nEle crê, ou para melhor encaixar com nosso texto, tem fé. É só usar.

E Pedro foi. Diz a palavra que ele descendo do barco andou sobre as águas. Que maravilhoso isso! Ele conseguiu fazer aquilo que conforme os nossos olhos naturais, ou conforme esta sociedade, ou conforme as filosofias, religiões, os achismos, os entendimentos dos estudioso, cientistas, é IMPOSSÍVEL, mas como diz na mesma palavra: para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas (Lucas 1:37). Em outras palavras, Deus criou a natureza, e a transforma, muda conforme o seu querer, ou utiliza das propriedades que os homens estão longe de saber. O que é impossível para você? Você crê nesse Deus, que é um Deus do impossível? Você acredita que ele pode fazer milagres, agir com o sobrenatural? Ou você prefere achar que isso é apenas uma estória, e continuar vendo Deus agir na vida de outras pessoas, e então, ao invés de receber o testemunho como uma mensagem viva de Deus, prefere condenar e tentar refutar de todas as maneiras possíveis? Deus te chama hoje para ver o que olhos não viram, e ouvir o que ouvidos não ouviram, e viver aquilo que jamais sondou o coração do homem, porque este, é o que está preparado para ti, como co-herdeiro em Cristo Jesus.

Ele andou sobre as águas. O que será que ele sentiu? Que sensação maravilhosa. Eu conheço dois homens que andaram sobre as águas, um foi Jesus (na quarta vigília da noite, foi Jesus ter com eles, andando sobre o mar [14:25] ), e o outro foi Pedro. Naquela noite havia vários discípulos presentes, homens que seguiam ao Senhor, homens em potencial para esta experiência, mas somente Pedro a teve, não digo oportunidade, pois todos tiveram. Da mesma maneira hoje, várias pessoas estão ao seu redor, muitas na presença do Senhor, mas Deus tem uma experiência reservada para você. Vai agir como os outros, ou vai tomar consciência que Deus fala contigo hoje e diz Vem!

Mas como ainda temos um corpo de carne, e vivemos também conforme as coisas deste mundo, aconteceu com Pedro algo que pode acontecer com qualquer um de vocês, de nós, e que inclusive estava acontecendo comigo neste momento: Ele olhou para a situação com os olhos naturais.

Amados, Pedro estava na presença do Senhor, vivendo algo sobrenatural do Senhor, e estava olhando através dos olhos da fé, mas em um determinado momento, talvez tenha escutado um grito de outro discípulo dizendo algo como “Não é possível, ele vai afundar”, ou quem sabe algum outro fator até que começou a reparar na força do vento.

Essa é uma parte muito importante que precisamos observar, a saber, sempre que Deus nos coloca em uma situação em que há um grande movimento espiritual a nosso favor, vem também um grande movimento contra, também de origem espiritual, mas que sempre se manifesta de maneira física, eu disse sempre.

No caso de Pedro, existia um grande mover sobrenatural a favor de Pedro, mas então veio um grande mover contra, os fortes ventos, e note mais um detalhe importante: o mover contra começou aparentemente antes do mover a favor. A partir do momento que espiritualmente começa um movimento a nosso favor, começa então todos os esforços contra, manifestando sempre de maneira física, para que desta forma, possa ser minada a fé da pessoa, mais uma vez, assim foi com Pedro.

Neste momento, Pedro necessitava apenas ter dado mais vazão ao espírito do que a carne, visto que elas militam entre si, e inicialmente conseguiu, mas por fim fraquejou e deu vazão a carne, começando então a submergir.

Talvez você já tenha tomado um passo de fé, mas com os fortes ventos da vida, em meio a tudo acontecendo, fraquejou na fé, assim como eu me vi assim neste momento. Os ventos vieram tão fortes em meio a algo tão lindo, um mover maravilhoso do Senhor Jesus em minha vida, que acabei me cegando dos olhos espirituais, e abri arregaladamente os olhos naturais, passando a duvidar de tudo aquilo que não via anteriormente possibilidade, e até daquilo que comecei a viver na presença do Senhor.

Isso não é explicado, isso é simplesmente para ser aprendido. É assim. E talvez esteja acontecendo isso com você também. Você tomou uma grande atitude de fé, e hoje se vê hoje naufragando ao olhar para os fortes ventos. Bem, para você eu quero dar a mesma boa notícias que o Senhor me deu: E, prontamente, Jesus, estendendo a mão tomou-o (vs. 31).

Glórias sejam dadas ao Senhor Jesus, pois Ele está sempre pronto, pronto para nos salvar, para nos acudir, para nos libertar do mau que vem nos afligir. Pedro fez o que para isso? Ele fraquejou? Sim. Ele começou a afundar? Sim. Ele entrou em pânico? Com certeza. Mas o que mais ele fez? Aquilo que eu, e muito de vocês, que fizemos tudo isto, mas que fraquemos, precisamos fazer. Chegou a hora de fazer algo simples, mas necessário e que tem um efeito tremendo e ativamente pronto, a ajuda divina ao nosso favor: … e, começando a submergir, gritou, Salva-me, Senhor! (vs. 30).

Querido, se você fraquejou na fé, não tenha medo ou vergonha de pedir auxílio ao Senhor, clame a Ele agora mesmo por auxílio, pois Ele está pronto e disposto, na posição correta para te salvar. Aliás, em todos e quaisquer sentidos, é para isso mesmo que Ele veio, para isso que ele age, é para isso que Deus nos deu a Ele, e nisso, se regozija.

E como o agir do Senhor é autoridade e poder, no mesmo momento cessou o vento. Neste dia, eu profetizo sobre a sua vida, você vai clamar, e o vento que tem te causado medo, dor, sofrimento, angustia vai parar, e a glória será dado a Cristo, em nome de Jesus!

Essa palavra veio de encontro ao meu coração, e me encheu de alegria e conforto, trocou o meu julgo que estava pesado, pelo do Senhor que é leve e suave. Troque você também o seu. Lembre-se, o Senhor Jesus disse a Pedro: Homem de pequena fé, por que duvidaste?

Por que fez isto? Foi para recriminá-lo? Por acaso o Senhor se espantou com essa atitude? É claro que não. O que Ele quis dizer foi que Ele é perfeito, onipotente, onipresente e onisciente, nada lhe escapa, tudo pode, tudo sabe, sempre está ao seu lado, não há necessidade de temer. Sei que os ventos não vão parar sobre a sua vida, mas lhe é facultado o direito de escolher para onde olha e se firma. Será nos fortes ventos que a vida sempre manifesta contra os nossos grandes sonhos e desafios? Ou será no Senhor Jesus, aquele que é o princípio e o fim, o alfa e o ômega, aquele que era, é, e há de vir, e fazer novas todas as coisas? Enquanto Ele não vem triufante, e alguns receberão o galardão da vitória, e outros o sofrimento da morte, aproveite o tempo de oportunidade. Jesus é Bom, pois Ele é Deus, e enquanto o Pai não diz o dia em que há de voltar, aproveitamos a sua santa presença, andemos sobre as águas, e se fraquejarmos, proclamemos: Salva-me Senhor!

Que Deus Pai, em nome de Cristo Jesus, meu Senhor e Salvador, possa ter falado ao seu coração, e que o seu Santo Espírito possa vivificar esta palavra, trazer a existência vida aquilo que antes era morte e medo, em alegria, paz e vitória.

Ricardo de Magalhães Cruz ( 02 de abril de 2009 )
ricardo.dmc@gmail.com

Texto Bíblico: Ferreira Almeida

Anúncios

4 comentários sobre “O homem de fé que, por um pouco, afundou

  1. Paz do Senhor amada.

    Tomei uma atitude de fé em minha vida com a minha família,
    “orando sempre junto com a minha esposa” tenho um filho de 12 anos. Senviamos o Senhor em uma igreja de oito mil membros em Campinas; Ouvi a voz do Senhor: Desça do barco, tudo bem desci. Servia o Senhor em uma igreja de 8 mil menbros por cinco anos, quando Deus falou comigo que queria que eu fosse servi-lo em outro local, em uma casa de recuperação, onde já tinha servido Ele durante 15 anos, fui embora com uma alegria. Essa e a direção de Deus para minha vida. Mas só que os ventos começaram, os meus olhos carnas começaram abrir, comecei a meditar. sai de uma igreja com ar condicionado ao lado da minha casa, com poltronas confortaveis. Agora toda esta luta; Glórias a Deus irmão, não e hora de recuar vamos avançar combater o bom combate e quardar a fé senvindo ao Senhor. Deus abençoe.

  2. QUE BOM DEUS LEVANTA SEUS MINISTRO PARA TRAZER
    UMA PALAVRA FÉ POR QUE SEM FÉ É IMPOSSIVEL AGRADAR
    A DEUS OBRIGADO PELA PALAVRA IRMÃO RICARDO QUE
    DEUS CONTINUE USANDO.

  3. Que palavra poderosa, fui tremendamente ministrada ao meu coração, agradeço a Deus pela sua vida e que vc continue sendo um canal de Deus nessa geração..Graça e paz…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s