Salvação: Jesus e o Bom Samaritano

Vem chegando o Natal e então começamos a nos recordar do nascimento do Senhor Jesus. Para que Ele veio, para que nasceu? Qual o propósito? Então muitas vezes começamos a pensar em salvação, ou como deveríamos ser, nos comportar, agir, amar. Eu sei que muitos de vocês pensam a respeito disso.

E é pensando nisso que me lembrei de uma figura muito reconhecida dentro de várias religiões que se dizem cristãs, ou simpatizantes, etc. E esta figura é a do bom samaritano, uma das figuras que Jesus utilizou para pregar o reino dos céus. Então fica a pergunta no ar, será que esta figura é a que devemos ter ao pensar como devemos ser ou nos comportar, ou ainda, a figura para nos assemelharmos ao buscar o reino dos céus, a nossa salvação? Bem, a resposta é sim, e não. Vamos estudar um pouquinho a respeito?

Qual destes três te parece ter sido o próximo do homem que caiu nas mãos dos salteadores? Respondeu-lhe o intérprete da Lei: O que usou de misericórdia para com ele. Então, lhe disse: Vai e procede tu de igual modo.” (Evangelho de Lucas 10 : 36-37)

E é aqui nessa passagem, que se encontra somente no livro de Lucas, que vemos Jesus falar sobre o bom samaritano. Foi aquele que acudiu o homem que caiu na mão dos salteadores, foi roubado e gravemente ferido, a ponto de ficar semimorto.

Jesus aqui compara três figuras importantes, a dos religiosos da época, tratado como o sacerdote que passou de largo, um levita, que era membro da tribo de Levi, um dos que servia no culto do templo, ou seja, outro religioso, mas que ao ver o necessitado também passou de largo. Então vem a terceira figura, a de certo samaritano que seguia por este caminho, mas que passou perto e não somente isto, mas compadeceu-se dele e o ajudou, lhe dando tudo que necessitava, tirando inclusive o seu dinheiro para lhe custear os cuidados necessários.

Bem, então aqui nós temos o modelo de um bom homem. Como diz uma personagem da rede globo, que tenho que ouvir diariamente uma imitação quem sabe muito superior, Lady  Katy, bom bom bom bommm bommm, bom mesmoo, bom não, mas tá bom,  é, bom, bom.

Mas você deve estar achando que eu pirei, eu estou querendo distorcer o que Jesus disse? Não, de forma alguma. Aliás, tremo e temo diante disto, para não me acontecer o que está escrito no final do livro do Apocalipse. Respeito esta palavra como todos os que desenvolvem a apologética na internet e em outros meios deveriam ter. Por isso vamos desenvolver o texto com as próprias palavras do mestre Jesus.

Se voltarmos ao início desta passagem, vemos que Jesus aqui é interpelado por um intérprete da Lei, um religioso, que quis colocar o Senhor Jesus a prova. Então lhe pergunta como faria para receber a vida eterna, ou seja, a salvação, ao que respondeu como ele interpretava a Lei, ou seja, a palavra de Deus:

A isto ele respondeu: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento;
e:
Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
” (verso 27)

Aqui Jesus disse que o homem estava certo, que assim viverá. Podemos entender que isto é o suficiente para se salvar, ou seja, pelo que faz, mas ainda podemos entender que se ele tiver neste caminho ele vai “se dar bem”, porque isto pode simplesmente ser uma prerrogativa de que inevitavelmente alcançará o que lhe concederá salvação, ou seja, não disse se isto é a salvação, mas que agindo assim, com certeza chegará lá, é muito importante entender isso.

Mas este homem quis se justificar, e perguntou quem era o próximo dele, ao qual Jesus lhe respondeu utilizando a parábola do bom samaritano. Ou seja, o bom samaritano cumpre a segunda parte do mandamento, do caminho para salvação: Amar ao próximo como a si mesmo.

Então acho que já conseguimos explicar em partes a pergunta inicial, o bom samaritano é sim a figura para nos assemelharmos para buscar o reino dos céus, porém há um detalhe, isso é quando nos referimos perante aos homens, ou seja, nosso próximo. Lembre-se que tem a primeira parte que é amar ao Senhor Deus não como a nós mesmos, mas acima disso, com todo o nosso coração, alma, força, entendimento. Afinal, as vezes nós não amamos a nós mesmos com tal intensidade, tenho certeza que você não se ama de tal maneira.

Bom, eu acho que estou conseguindo entender Ricardo, mas algo me chateou ali atrás, que foi a parte que você citou a Lady Katy, aliás, que figura para se citar ao falar em salvação, hein? Por que o samaritano não era bom bom?

A resposta é porque Jesus mesmo disse na nossa próxima passagem, que vem esclarecer as coisas: Ninguém é bom senão um, que é Deus (Evangelho de Marcos 10 : 18b)

Esta é a passagem sobre o jovem rico, que por sinal, é uma passagem fantástica, rica e importantíssima para a nossa análise atual, afinal de contas, queremos continuar usando as palavras do próprio Senhor Jesus.

E esta passagem retrata a busca de um rapaz muito rico, que buscava o reino dos céus, que sempre se atentou a isso, e por isso mesmo, sempre demonstrou uma conduta reta e íntegra, e é justamente por isto que o Senhor Jesus o amou, porque ele respondeu ao Senhor que desde a juventude observou os mandamentos e por isso não matou, adulterou, furtou, deu falso testemunho ou defraudou alguém, mas sempre honrou o pai e a mãe.

Porém Jesus aqui estava tentando mostrar algo que está acima do comportamento humano, acima do seu poder, e isso era o poder de Deus, e a salvação que só se dá através de Cristo Jesus, que é Deus.

Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna? Respondendo-lhe Jesus: Por que me chamas bom? Ninguém é bom senão um, que é Deus” (verso 17b – 18)

Uau, mas você deve considerar o Senhor Jesus como o exemplo da bondade entre os homens, a máxima expressão do que alguém pode dizer a respeito de ser bom. E deixa eu te contar uma novidade, isto é verdade, e Jesus não contradisse isso.

Como assim não? Ele disse que ninguém é bom senão Deus. Sim, então, exatamente isso, Ele não se contradisse. O que Ele fez foi perguntar porque estava chamando Ele de bom se somente Deus era bom. Se este rapaz tivesse respondido como Pedro disse:  Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo, (Mateus 16 : 16) ou porque não dizer o Deus Filho, onde neste caso não há diferença, Ele ali teria não só entendido mas ganhado sua salvação. Mas não, provavelmente ficou em silêncio sem entender, como muitos de nós, e então o Senhor deu prosseguimento.

Vocês estão entendendo ou tudo parece ter dado um nó? Se deu não se preocupe, faz parte do processo. Peça ao Espírito Santo de Deus o discernimento, pois as coisas do espírito devemos discernir com o espírito e não com a mente, que é da carne:

Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.”  (I Coríntios 2 : 14)

Mas para ficar ainda mais claro, vamos seguir alguns poucos versículos a frente e então vemos Jesus nos responder com todas as linhas e entre-linhas possíveis:

Eles ficaram sobremodo maravilhados, dizendo entre si: Então, quem pode ser salvo? Jesus, porém, fitando neles o olhar disse: Para os homens é impossível; contudo, não para Deus, porque para Deus tudo é possível.” (versos 26-27)

Aleluia! Você pode dar um glória a Deus por isso? Jesus não veio para procurar inteligentes, avançados intelectualmente, Jesus não veio na época errada, no tempo errado, Jesus não precisava esperar 1.800 anos para que um grupo de espíritos viesse explicar a sua palavra, não!! Jesus veio na época certa nesta terra, e chega na época certa na vida de cada um de nós, e nos pergunta quem é Ele, porque somente entendendo que Ele é o Alfa e o Omega, o princípio e o fim, O caminho, A verdade, A vida, podemos alcançar a Deus. Aquele que sua palavra trata como autor e consumador da fé, é o mesmo que vem a porta do teu coração e bate, e quer entrar, e cear contigo, te transformar em um novo homem, uma nova criatura, o mesmo que abriu mão de ser filho unigênito para ser filho primogênito, irmão de muitos que o aceitam assim como eu aceitei e você pode aceitar, para que possamos ser co-herdeiros nEle e ganhar o reino dos céus!!!

É necessário amar o próximo, mas primeiro nos devemos entender o que somos, precisamos entender o mau que existe em nós, precisamos tirar a trave que está nos nossos olhos, entender que existe este mau em nós, mas que nós podemos abrir mão dEle para que o próprio Espírito de Deus habite em nós, nos preencher de sua essência que é o amor, e nos dar este dom, que é o dom supremo (1Co 13:13), e então sim, verdadeiramente saberemos o que é amar ao próximo como a si mesmo, porque nós conheceremos o verdadeiro amor de Deus, que deu o seu único filho para vir a essa terra sem usurpar ser igual a Deus visto que era Deus, mas que esvaziou a si mesmo, assumiu a forma de servo, que a si mesmo si humilhou, obediente a este Deus que nos ama até a morte e morte de cruz! (Fp 2 : 6-8) E Deus fez isso por amor de mim, e de ti, e se somente existe você nesta terra, Ele teria feito a mesma coisa!

Aleluia! Você está entendendo meu querido? É entender isso, e receber disso, viver disso, e estar tão cheio disso, a ponto de não existir outra maneira de ser, que não seja o de transbordar o amor de Deus ao nosso próximo, porque se Ele amou a mim, e eu descobri que sou amado, agora sim eu posso amar também verdadeiramente ao meu próximo como a mim mesmo, porque agora eu me amo.

Amar ao próximo como a si mesmo, não é salvação, mas é consequência da salvação em nossas vidas. É o início do reino dos céus aqui na terra. Sabe o que é? Fazer aquilo que o homem é incapaz de fazer por si mesmo: Vai, vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu; então, vem e segue-me. (verso 21b)

Você consegue fazer isso? Qual é o seu tesouro nessa terra? Quais são? Eu te garanto que muitas vezes não é dinheiro, mas muitas vezes é uma mulher, um homem, muitas vezes são bens, outras são posições sociais, status, outras vezes é o próprio corpo, as vezes é o próprio título religioso que possui ou sua religiosidade. Muitas vezes é a sua soberba, sua altivez, seu próprio EU. Mas o próprio Senhor Jesus disse que onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração (Mateus 6 : 21), e disso Ele entende.

Mas eu tenho muita dificuldade Ricardo, e sei que muito disso eu consigo abrir mão, mas aquele tesouro ali, eu não posso abrir mão, porque senão eu morro junto. No caso do jovem rico, era justamente suas propriedades, posses, riquezas que não conseguia abrir mão, mas isso não foi novidade, sabe por que? Porque nós já vimos lá em cima o Senhor Jesus dizer que ao homem é impossível fazê-lo.

Mas então agora você me responda, afinal de contas, qual é o caminho? O único caminho é o Senhor Jesus. O único caminho, ao contrário do que pregam por aí que qualquer caminho vai dar certo e terminar em Deus. É fazer o que o jovem rico não fez, e isto é, reconhecer que Jesus não é somente um bom mestre, um exemplo. Reconhecer que simplesmente ser um bom samaritano não resolve, porque verás que o bom samaritano que existe dentro de você é um tanto quanto limitado. O caminho é reconhecer que Jesus o é, só Ele. Disse-lhes Jesus [e ele está dizendo a ti neste momento]: Eu sou O caminho, e a verdade e a vida; ninguém VEM ao Pai, se não for mim. (Evangelho de João 14 : 6)

O problema na vida, e no caso deste rapaz, não é o dinheiro. A bíblia nos diz que o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; (I Tm 6 : 10a), da mesma maneira, é o amor a estes tesouros que você tem guardado que tem te afastado de Jesus, de Deus, da vida eterna. Jesus não queria que ele virasse um pobre, e que pobre ganharia os céus, Jesus queria que Ele vencesse isso, tomasse a atitude pois o próprio Senhor Jesus ia capacitá-lo a vencer, Lembra-se? Depois de vender e dar, deveria seguí-lO. Depois que vencemos aquilo que nos afasta de Deus, Jesus em sua infinita benegnidade faz o que?

Tornou Jesus: Em verdade vos digo que ninguém há que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou mãe, ou pai, ou filhos, ou campos por amor de mim e por amor do evangelho, que não receba, já no presente, o céntuplo de casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e campos, com perseguições; e, no mundo por vir, a vida eterna.” (verso 29)

Amados, a bíblia é completa e perfeita, porque é a palavra de Deus que é perfeito. Quantas maravilhas o Senhor tem para nós, ainda nesta vida e no porvir. Aproveite esta época de reflexão na sua vida, e não permita que no natal que vêm, volte a refletir as mesmas coisas porque nada mudou. Esta é a palavra de Deus, e a bíblia me garante que ela não torna vazia, então eu oro, para que ela torne cheia, repleta, e abundante na sua vida. Que você receba não só o nascimento, mas a vida, morte e ressurreição do Senhor Jesus em sua vida, que você renasça com Ele como nova criatura que confessa ao Senhor Jesus não como exemplo, mas como único Senhor e suficiente Salvador, e que tudo seja feito novo na sua vida.

Eu realmente espero, que mesmo sem te conhecer, ou mesmo saber que esteve por aqui lendo este texto, que a cada natal, você se lembre deste natal, o natal que realmente conheceu ao Senhor Jesus e que sua vida nunca mais foi a mesma. Que seja o início de uma verdadeira busca e que esse mesmo Bom Jesus, que é Deus, faça em ti o bom samaritano que nunca conseguiu ser, te dê alegria e amor, e que te encha de paz. Você vai vencer meu amigo e minha amiga, Cristo te fará vencedor, realizado, próspero, e feliz, verdadeiramente feliz, aliás, finalmente você vai saber o que é ser feliz, ter paz, e ser amado. Jesus vai preencher aquele vazio que carregou no peito tantos anos.

Jesus te ama, e eu também.

Ricardo de Magalhães Cruz ( 13 de dezembro de 2008 )
ricardo.dmc@gmail.com

Texto bíblico: Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s