Deixe essa luz brilhar dentro de você

Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida.” (João 8:12)

Essa é a luz que todo coração precisa e anseia. E sabe com o que isso tem haver? Com a alegria, paz, felicidade, amor, longanimidade em sua vida. Nós nascemos com um objetivo, e se não o entendemos, ou melhor, se não o alcançamos e o vivemos, tudo é escuridão, vazio, trevas. Mas então, qual o sentido da vida?

Cristo Jesus veio ao mundo para mostrar isso e ainda mais, possibilitar isso!

Em nossa vida, Deus mostrará aos seus filhos grandes revelações. E a primeira que todo homem receberá da parte de Deus é essa:

Mateus capítulo 16
15 Disse-lhes ele: E vós, quem dizeis que eu sou?

16 E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.
17 E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus.

A primeira é saber que Jesus é Deus, é o messias aguardado, é aquEle que veio para nos levar novamente ao Deus Pai! É o que chamamos de salvação, salvação de nossas almas, e chave para a vida eterna na nova Jerusalém.

Mas depois disso, depois de saber para onde iremos, o que nos aguarda, continuamos precisando saber outra coisa: por que estou neste mundo? Para que a minha vida serve? Para que eu sirvo? Mais uma vez… Qual o sentido da vida?

Esta é a segunda revelação que temos para nossa vida, para o nosso andar com Cristo, em Cristo, para Cristo!

Na vida traçamos vários objetivos como nos capacitar e então ser um profissional de sucesso, formar uma família, ter filhos, construir um patrimônio seguro, uma casa, um carro, uma boa condição financeira, ter uma religião e ensiná-la ao nossos filhos, etc.

Porém nada disso preenche totalmente a razão de ser, a razão de existir. Estas coisas ocupam espaço, tempo ou o próprio exercício de amar e ser amado. Mas existe algo maior, e este algo muitas vezes nos incomoda, e passam-se os anos e continuamos perguntando, o que é, o que será?

E a primeira etapa é descobrir que fomos afastados de Deus e precisamos religar este elo através de Cristo Jesus. Bom, mas muitos podem estar se perguntando: Isso eu já fiz, mas parece que ainda falta algo. E é verdade, falta saber o que significa ter este elo restabelecido com Deus, e ainda, para que serve essa vida, tão insignificante e passageira perto de toda uma eternidade.

Mas a resposta é simples. Jesus disse: Enquanto estou no mundo, sou a luz do mundo (João 9:5). Mas e agora que ele subiu para o Pai, quem é esta luz? Ele mesmo nos responde: Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte (Mateus 5:14). Agora somos nós. É o mesmo Cristo, brilhando em nós.

Quando vamos a uma amostra de arte, para que ela serve? Quando vemos os quadros, encantadores, bonitos, exóticos, modernos? São criações que servem para adornar e decorar casas. Este é o óbvio. Mas servem também para indicar que existe um criador. E que se você quer sua casa assim, é necessário buscar aos criadores, ou em nosso caso, o criador.

Da mesma forma, nós somos criaturas de Deus. Ele nos fez. E para que nos fez? Para cultivarmos em nós aquilo que Ele nos dá, como o seu amor. Para que mais? Para que esse amor em nossas vidas chamem a atenção daqueles que necessitam de amor. Ainda mais? Sim, para levar esse amor àqueles que necessitam, ou seja, todos os homens. E por fim, com tudo isto, testificar que esse amor que está em nós, que desperta, que preenche, vem de um Deus de amor, que também te criou, que te ama, e que te chama. A fonte de luz, que dissipa toda treva, toda escuridão, toda morte que há em sua vida. Ainda no capítulo 5 de Mateus lemos:

15 Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa.
16
Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.

Essa luz que há em você precisa iluminar todos os cantos escuros que existem em sua própria vida, e na vida daqueles que estão ao seu redor. É necessário levar a mensagem das boas novas, a mesma que um dia transformou a sua vida! E isso não precisa ser feito em um templo, em um púlpito, não não. Isto é feito na sua casa, no seu prédio, no seu trabalho, na padaria, em qualquer lugar. Deve ser um farol que não se apaga, mas que por onde vai ilumina, inclusive nos lugares onde muitas vezes frequenta e se pergunta o que está fazendo ali? Hoje você já sabe a resposta.

Esse é o segundo motivo, esta é a razão da sua vida. Esta é a razão de uma vida plena. Lembre-se do que o Senhor Jesus disse:

Mateus capítulo 6
19
Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam;
20
Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam.
21
Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.

Hoje eu te pergunto, onde está o seu tesouro? Valorize o maior tesouro de sua vida. Deixe essa luz brilhar dentro de você!

Ricardo de Magalhães Cruz (29/08/2008 )
ricardo.dmc@gmail.com

Texto bíblico: Almeida – Corrigida e Fiel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s